Buscar
  • Pedro Costa Engenharia

O CICLO DE VIDA DE UM PROJETO E SUAS VARIAÇÕES

Atualizado: 3 de Out de 2019

A relaçāo entre prazo e custo.


Aeroporto de Guarulhos - Terminal 3

Segundo o PMBOK-Project Management Body of Knowlegment, o guia de boas práticas em gerenciamento de projetos publicado pelo PMI-Project Management Institute, podemos definir o ciclo de vida de um projeto em 4 fases sequenciais: Concepção / Planejamento / Execução / Conclusão.

Porém, diversos fatores na prática podem fazer com que haja sobreposição entre uma fase e outra, de forma que essa sequência lógica não possa ser realizada de forma plena.

Foi o caso do projeto de construção do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos, onde o principal objetivo do projeto era o atendimento a maior demanda de turistas usuários durante o período da Copa do Mundo de 2014.

Nesse caso, percebe-se que a grande restrição do projeto é o prazo, pois o aeroporto tinha uma data limite para entrar em operação que, se não fosse atendida, poderia não justificar a execução do projeto.

Foi elaborado um primeiro projeto arquitetônico pela Biselli Katchborian Arquitetos Associados (http://www.bkweb.com.br/projects/institutional/aeroporto-internacional-de-s-o-paulo-terminal-3/), porém esse projeto não foi adotado, havendo a elaboração de um segundo projeto que foi executado e concluído em maio/14, bem próximo da data limite.

A justificativa para esse segundo projeto foi: “A data de inauguração nos impôs um cronograma reverso. Tivemos de trabalhar com um único e mesmo objetivo: concluir as obras no prazo”, lembra Almeida. “A solução foi desenvolver um projeto básico em quatro meses e um projeto executivo do tipo fast-track, ou seja, faseado conforme as necessidades da obra.” (N. da R. Andrei de Mesquita Almeida, chefe do departamento de arquitetura da Engecorps e um dos arquitetos responsáveis pelo projeto).

Ou seja, foi adotada uma metodologia de elaboração dos detalhes dos projetos em etapas simultâneas ao andamento das obras onde se assume mais riscos do que no caso de um ciclo de vida padrão de planejamento e execução, mas a situação encontrada exigia essa adoção.

Com isso, conseguiu-se concluir a obra dentro do prazo máximo estabelecido, cerca de um mês antes do início da Copa do Mundo.

Ao todo foram 1 ano e 9 meses em obras com cerca de R$192mil m² de área construída para o atendimento de 12 milhões de passageiros/ano.

Um dos impactos negativos de se adotar esse tipo de metodologia de elaboração de projetos durante a execução das obras, para visar o atendimento de prazos não prorrogáveis, pode ser o aumento de custo dos projetos. No caso do Terminal 3 de Guarulhos, segundo a INFRAERO (matéria do Estadão de 02/07/2017) houve um acréscimo de 25% no custo planejado do projeto, o que significou aproximadamente 1 bilhão de reais a mais que o orçamento original.


#obra #terminal3 #obrafasttrack #infraero #gerenciamentodeobra

0 visualização
Design sem nome (8).png
​(+55) (12) 99119-4740 
pedro@pcostaeng.com.br
 

Pedro de Freitas Costa e Cia Ltda

R. Mal. Artur da Costa e Silva, 1736, sala 2 

Vila Jaboticabeira, Taubaté - SP, 12030-810

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Social Icon